Buscar
  • saboresurbanossm

Sofisticado simples

A culinária da França tem uma grande variedade de pratos. Seu prestigio, inclui uma imensa variedade de queijos, vinhos, carnes e doces. Esta é a marca registrada, por assim dizer, da França, em termos de gastronomia.


Tradicionalmente, cada região francesa tem uma culinária própria: a culinária provençal prefere azeite, verduras e tomates; a do sudoeste usa gordura de pato, fígado ou foie gras, cogumelos e moelas; a culinária do nordeste usa banha de porco, salsichas e até chucrute por influência germânica. Podemos citar incontáveis receita e iguarias destas regiões, cada uma com sua peculiaridade e variações.


Aqui, vamos falar de uma região e um prato em especial: a Borgogne e seu boeuf borguignon que, traduzindo, seria carne bovina da Borgogne.


Voltando às origens ancestrais deste prato, podemos defini-lo como a refeição preferida dos camponeses que utilizavam o famoso néctar produzido das videiras da Borgogne para amaciar cortes mais rígidos e “menos nobres” da carne bovina. Quanto ao preparo, os pedaços de carne são cozidos em caçarola ao molho Borgonha, composto por vinho tinto, guarnição aromática composta por cebola, bacon e um bouquet garni, que é retirado antes de apresentar o prato, para conferir mais sabor e aroma ao preparo.


Após longas horas de cozimento para permitir que a comida absorva o vinho, untada com um pouco de farinha, para dar ao prato um molho suculento e delicioso. Quanto ao acompanhamento, é composto por batata cozida no vapor, cenoura e também massa ou guarnição de Borgonha com por cogumelos, bacon e cebolas baby.


Na minha humilde opinião, esse clássico tem sofisticação e simplicidade que expressam o sabor do terroir em seus aromas, cores dos ingredientes locais e de sua história.



Texto: Felipe Menezes cozinheiro profissional e chef


41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo